Sino dos ventos

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Não é uma tragédia



"Essas coisas acontecem. Um jovem adoece no verão. Um senhor é atropelado por um táxi. A biópsia aponta que o tumor é maligno. Essas coisas acontecem todo dia. E todos os dias saímos de casa achando que jamais acontecerá conosco. Uma doença leva embora um pai. O médico comunica um exame preocupante. Uma moto atravessa um sinal fechado. Todos os dias isso acontece. E todos os dias nossos planos são os mesmos. Trabalho, almoço; trabalho, jantar.

Não acho que seja uma tragédia quando essas coisas acontecem com a gente. Dizemos: “que tragédia, morreu tão cedo”. Não acho que seja uma tragédia. Acho que a vida é um amontoado de caos e coincidência. Acho que hoje estamos aqui e amanhã não estamos mais.

Uma tragédia é não agradecer por esse tempinho que estamos aqui. Uma tragédia é não valorizar a vida em família. Uma tragédia é trocar o sorriso do nosso filho pelo celular. Um passeio em família, pelas preocupações do trabalho.

Uma tragédia é não abraçar as pessoas hoje. Uma tragédia é passar a vida em branco. Uma tragédia é achar que um dia vamos ser felizes, não hoje. Uma tragédia é achar que não vai acontecer com a gente. E a vida vai ficando para depois. Um dia eu mudo de emprego. Um dia eu digo que gosto dela. Um dia eu faço uma viagem. Um dia eu vou ser voluntário nesse projeto.

Não acho que seja uma tragédia uma jovem cheia de planos descobrir uma doença grave. Acho uma tragédia quando aprendemos a valorizar o que temos só depois de perder. Acho uma tragédia não termos ido ainda para aquela viagem dos nossos sonhos. Acho uma tragédia viver de aparências. Acho uma tragédia ter comprado coisas achando que isso seria felicidade. Acho uma tragédia trabalhar em algo que você odeia. Acho uma tragédia você passar a vida brigado com alguém.

A morte não é uma tragédia. Tragédia é não ter vivido." 



Créditos:
Texto: Marcos Piangers - Revista Versar - 30/12/2017







Se você gosta do Canto das Artes, divulgue-o entre as/os amigas/os blogueiras/os. Brigadú!!!

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Um recado aos jovens



Não seja tímido em suas aspirações.
Não há limites para o que vocẽ pode realizar.
Você tem dentro de si os recursos de que necessita para desenvolver-se e alcançar seus objetivos; portanto, seja arrojado, pense grande, acredite em si mesmo e naqueles que estão a seu lado.
Imagine-se sempre vencedor, ultrapassando as barreiras, apoiado nos valores de respeito, dignidade e honestidde para criar um mundo melhor.
Thomas Edson errou centenas de vezes antes de inventar a lâmpada elétrica. Errou mas não fracassou. Aprendeu com cada erro, corrigiu as falhas e seguiu rumo a seu sonho.
Faça você o mesmo. Sonhe alto e persiga seus sonhos por mais incríveis que lhe pareçam. 







Se você gosta do Canto das Artes, divulgue-o entre as/os amigas/os blogueiras/os. Brigadú!!!